Insatisfação profunda e perene

Em 6 de junho de 1965, os Rolling Stones lançaram a música que se confundiria com a própria história deles como banda: (I Can’t Get No) Satisfaction. Com um riff simples, direto, enérgico e sem concessões, e uma letra que trata com cinismo os hábitos consumistas da sociedade inglesa da época, a canção se tornou um clássico dentro do vasto repertório de hits da banda e uma das músicas definidores do rock como gênero musical e fenômeno cultural.

Como inúmeros fatos relacionados aos Rolling Stones, essa música também tem sua própria mitologia. Segundo a lenda, Keith Richards teria sonhado com as três notas do riff da música. Em estado semi-desperto, ele teria registrado a melodia voltado a dormir logo em seguida. Posteriormente, Richards mostrou sua ideia para Mick Jagger, que acrescentou à melodia uma letra sobre consumismo e frustração sexual. Estava pronta a canção que seria uma das músicas mais icônicas da história do rock.

(I Can’t Get No) Satisfaction foi regravada por vários outros músicos e cantores. Uma das releituras mais interessantes dessa música é a de Otis Redding, com o riff tocado por um entrosadíssimo naipe de metais, dando uma aura soul inconfundível à composição de Jagger e Richards. Aretha Franklin também regravou essa canção, numa performance vocal absolutamente irretocável.

Apesar de ter sido escrita e gravada há meio século, (I Can’t Get No) Satisfaction ainda toca em temas fundamentais do cotidiano. Embora a distância temporal que nos separa da gênese dessa canção seja razoável, ela ainda fala das nossas frustrações e da inutilidade ou irrelevância das informações que nos são praticamente impostas diariamente. A música também fala de como essa distração para nossa imaginação pode nos levar a um beco sem saída existencial no qual não conseguimos satisfazer nossos anseios mais básicos. Nesse sentido, (I Can’t Get No) Satisfaction não poderia ser mais atual e necessária.

The Rolling Stones: https://www.youtube.com/watch?v=qAzqSYQ9X9U

Otis Redding: https://www.youtube.com/watch?v=gmnZRBTPzg0

Aretha Franklin: https://www.youtube.com/watch?v=Eto2urJTKno