[Poesia] O dia que eu encontrei uma personagem que eu criei

Foto de Jake Stimpson

E quem diria, vou escrever.
Sinal dos tempos, não podem morrer!
Achei algo estranho
Inspiração:  lá no fundo um corte
Será que é a nota, ou ela não me nota?

Ah, mas que momento da vida
Que felicidade sagaz, que tempos de paz!
Vejo espíritos, vejo Deus
Tudo cegando meus olhos ateus

Rápido, rápido, rápido
Vem que o trem passa, leva a linha toda
Vou até o Brás, vou até a Moóca
Mentira, eu desço antes, e rápido
Ando intrépido e sem crédito
Desci no Tamanduateí

Vou ali, venho aqui
Vou ao contrário do que vi
Vem comigo, vivi e achei
Achei e descobri
Depois cobri
Teu corpo que sorri

Me engana e me ama
Me tira da cama
Me bate sem drama
Me beija sem trama
E me ama, de novo

Como foi que tu, ó céus
Saiu do livro e do metrô?
Como foi que você me achou?
Você estava presa nas páginas
Do meu conto, meu mundo irreal
Eu te imaginava nem bem nem mal
Mas foi surreal
Havia o dilema:
Quando achei tu, Madalena!

Saiu e seguiu o autor
Me encontrou pra me livrar da dor?
Como eu te imaginei, como tu se formou
Como você me sonhou e eu te encontrei
Em braços abertos e abraços apertados
De olhos puxados e corações trocados

Ah, não posso crer
Nem se eu visse você
Nem se você me visse
Parece mera crendice
Será que eu já te disse?
Me corrompe sem saída
Me faz dançar, me ama sem parar
Me leva pra parte proibida
E me embebeda sem bebida

Olha, olha e olha
Olha no fundo do meu olho
Faz assim, enquanto eu choro
Que Deus me ilumine
Com essa tua pupila que brilhe
Ao som do mar aberto
Do beijo incerto
E do sangue correto
Que sangue ereto, eu aperto
E segue minh’alma
Que só você acalma

Seria coisa séria?
Séria é a coisa que seria!
Passado, pretérito e incompleto
Imperfeito ser faria
Mas escrevo tantas linhas para ti
Não é amor se tiver roteiro
Ganhou vida e ganhou cor
Ganhou o mais doce sabor

Corri para escrever
Mas mesmo sem saber
Já te descrevi por completa
Perfeita e imperfeita
Como Moisés e Michelangelo
Vou juntar os papeis e bater-lhes com a mão
Não é imaginação, e vou gritar:
Pode ganhar vida e andar!
Achei que fosse demorar
Mas cá está você
Pronta pra me acordar.