Entregar o Pré-Sal: não foi dessa vez

Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

Na tarde de terça-feira, dia 06/10, foi aberta a votação na Câmara dos Deputados do pedido de urgência para o PL Nº 6.726/2013, do deputado Mendonça Filho (DEM).

O projeto versa sobre a mudança do regime de partilha do Pré-Sal e intercede em nome das petroleiras estadunidenses e inglesas para a implantação do regime de concessão total. Ou seja, visa privatizar o Pré-Sal, tirando a Petrobras do campo decisório e, principalmente, dos benefícios econômicos provindos desse patrimônio natural do povo brasileiro.

Trocando em miúdos: é a continuação do processo de privatização do governo Fernando Henrique Cardoso (PSDB) naquilo que ele não foi capaz de destruir: a Petrobras.

José Serra (PSDB) já havia feito algo semelhante recentemente junto ao Senado, mas não deu certo.

Felizmente, na Câmara dos Deputados a votação de urgência para a apreciação do projeto entreguista não passou.

Fica aqui a lista dos partidos TRAIDORES, os que aprovam este projeto de privatização do Pré-Sal que é um verdadeiro crime contra o Brasil: PSDB, DEM, Solidariedade, PPS.

A lista integral da votação pode ser consultada pelo endereço: http://www2.camara.leg.br/atividade-legislativa/plenario/resultadoVotacao

Leitura interessante sobre o tema: http://www.desenvolvimentistas.com.br/blog/blog/2015/09/17/estudo-comprova-os-prejuizos-do-modelo-de-concessao-do-petroleo-para-o-brasil/